REPORTE LINKS INOPERANTES CLICANDO AQUI: MúsicAmiga
Música de Abertura: "Maranhão, Meu Tesouro, Meu Torrão", de Mano Borges

sábado, 8 de setembro de 2007

Ubiratan Sousa

Compositor, produtor cultural, arranjador, intérprete e instrumentista maranhense, comprometido com a autêntica cultura brasileira, passeia por estilos diversos com competência e arte, valorizando a MPB, utilizando recursos de música erudita e mostrando a poesia sonora de nosso folclore.
Recebeu prêmios em diversos festivais de música, como MPB Shell, Festival dos Festivais, várias edições do Festival Canta Nordeste (todos da Rede Globo), O Som das Águas (Rede Manchete), e outros.
Veja o vídeo da apresentação de Ubiratan no antigo programa Som Brasil, cantando o "Boi Verde-Amarelo".

video

São Paulo, 2 de abril de 1987
Querido Irmão Souza Netto,
Como vês insisto em ser o caboclo teimoso que bate o pandeiro mais forte pois o Norte precisa levantar e a festa do povo tem que começar...
Como negar a herança de Vieira, Agostinho, Bogéa, Sapinho, Caboclinho, Cristóvão, Sapo, Bibi, Chiador, Coxinho ou Catulo com seus TALENTOS E FORMOSURAS?
Como fugir à tentativa de equilibrar o Universo através do ideal que o capitalismo selvagem não pode destruir?
Como negar a existência cultural de Elomar, Xangai, Cal, Dércio, Doroty, Déo, Saulo, João Bá, Clécius, Vidal, Priscila, Irene, Vital, Flor do Campo, Genésio, Juraíldes, Nóbrega, Chico Maranhão, César, Mochel, Chico Araújo, Clauduarte etc...
Como negar a felicidade de ter nascido maranhense, em berço cultural único, com ouvido construído e alimentado pelo tambor de crioula e onça?
Como me aliar aos que, colonizados, negam suas origens apenas para alcançar tesouros que as traças roem?
Como me comportar diferente diante do poeta que diz: "Do cálice uma lágrima rolou e dela nascerá a rosa-amor"?
Por tudo isso: "Sobradões antigos, cantigas e cores, campos e cerrados: futuro-em-flores"!
Obrigado poeta pelo amor-rosa que nos legaste.
Abraços
Ubiratan

Abrace:

- Rosa Amor (1987)

Nenhum comentário: